Mostrando postagens com marcador Eventos Socioculturais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Eventos Socioculturais. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

A hipnótica e dançante Varal de Renda

Foto: Victor Hugo Cavalcante
Que a banda Varal de Renda sempre arrasa, não é nenhuma novidade para nós, fãs do trabalho dessa banda rio-pretense... A grande novidade é o poder de hipnose da banda que vem aumentando cada vez mais, assim como a nossa paixão enquanto fãs pela voz e coreografia da belíssima Fernanda Vital.
Na parte instrumental, os grandiosos e fantásticos, Cláudio Jumbass (Baixo), Esdras Nunes (Teclado) e Filipe Murbark (Bateria) os três separados já são maravilhosos, juntos, eles simplesmente arrasam.
Eis o Varal de Renda, com sua hipnótica e dançante carreira musical... Desejo á todos sinceros votos de sucesso. Uma banda alternativa que colhe e acolhe cada vez mais em seus braços fãs alternativos e fieis. Parabéns Varal...

Uma foto com o Batera Filipe M.
Foto: Victor Hugo Cavalcante


Victor Hugo Cavalcante, 21 anos é jornalista e dono do blog Folkcomunicação e da página Vivendo Em um Mundo Psicodélico, e atualmente é prestador de serviços comunitários á empresa Rotaract Clube de Ouroeste. Fascinado por eventos culturais, por Internet e Mídias independentes... Ama a arte pelo conteúdo e o que dizem em determinados momentos, poeta, contista e jornalista de mão cheia.

domingo, 28 de junho de 2015

Julio L: Um tapa na cara do empreendedorismo

Foto reprodução: Facebook

Se você diz que fracassar é oposto de ter sucesso, lamento de esbofetear para a realidade, mas você está redondamente enganado.

Explico, na palestra 'Empreendedorismo 3.0 - Como deveria ser?', Júlio Lussari (Quem?) nos explica por meio de um tremendo e impactante "choque" sobre como impactar pessoas e acelerar negócios. E o melhor de tudo, de uma forma simples, sem muito lenga-lenga. Através de um Mindset incrível e espetacular, com imagens impactantes, ele simplesmente afirmou para que veio, e que veio para ficar.
Poderia ser exagero meu, mas, quem sabe algum dia não muito distante, Lussari, chegue ao pés do também empresário Conrado Adolpho?? Ambos são simplesmente incríveis e inspiradores.

Observe, alguns pensamentos inovadores do empresário e Julio L:



  • Empreenda com seus próprios esforços: Julio L vê o empreendedor atual como um jovem que recebe mesadas de seus pais, explico: Atualmente, o empreendedor procura financiadores, antes mesmo de tentar empreender com seus próprios custos.
  • Fracasso não é o oposto de Sucesso, e sim faz parte do sucesso: Julio ao afirmar essa frase quebra aquela afirmativa que diz que quando alguém fracassa, ele é um"zé - ninguém", explico: Na verdade só fracassamos porque tentamos, ou melhor dizendo, só temos sucesso, porque aprendemos com experiencias que já falharam.
  • Se a responsabilidade é minha, você tem o que merece: Julio diz que não devemos culpar ninguém, a não ser nós mesmos pelo nossos erros e falhas, afinal se a responsabilidade de não errar/falhar é minha, eu tenho o que mereço, explico: Se trabalharmos duro teremos o que merecemos, o sucesso.
  • Buscar a ordem e depois o progresso, não o contrário: O palestrante nos diz que conforme escrito na bandeira do Brasil, a Ordem deve vir antes do progresso. Explico: De que adiantaria ter progresso no meu estabelecimento empreendedorista, e não conter ordens de gastos, responsabilidade e etc?
  • O trabalho duro bate o talento: São tantas pessoas, segundo o MBA em Marketing, que têm talento, porém não se esforçam para ter sucesso, por isso no quesito de empreendedorismo o trabalho duto bate o talento.
  • E no fim: Você não é exceção: Depois dessas dicas, algumas pessoas acreditam que com elas será tudo diferente, porém não é verdade.
Eis algumas dicas para o empreendedorismo e para a própria vida. Você não vai querer perder as dicas desse super palestrante não é?

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Balaio: O Barulho da Revolução ou A destruição dos velhos paradigmas.

Não deixem de curtir a página 'Balaio'

Primeiramente neste artigo quero agradecer aos que participaram do evento, fotógrafos, som, artistas, e produtores...
Quero agradecer também ao publico presente, que segundo a portaria foram mais de 100 pessoas... Nós não fizemos o evento para nós, e sim para vocês.
Infelizmente bem na hora da dupla 'Calebe e Bianca Marques' se apresentar, havia acabado o intervalo, e por mais que teimávamos em pelo menos deixar eles terminarem com chave de ouro, mas de nada adiantou, tudo bem a gente compreende que são "normas" da faculdade, mas ter parado o festival no meio, não nos parou em nada...
Pois, o 'Balaio', já havia começado muito antes do show começar, havia começado no 'Bafo-a-Bafo' da galera...
E por isso, nós os organizadores, jornalistas, som e fotógrafos, cumprimos nossas promessas de fazer um barulho tão insuportavelmente grande, pra divulgar o evento, e fazer a revolução, ao ponto de quebrar o paradigma que no interior o que fica na mente das pessoas são eventos culturalmente sertanejos (É preciso salientar que eu, enquanto propagador de cultura, nada tenho contra eventos, como Festa do Peão, Expo e muitos mais).
E nos vemos no mês que vem, mais fortes e mais barulhentos do que nunca!!!
Escrito por:
Victor Hugo Cavalcante Silva/ Caesar Silva